Design feito por Camila Homs de One dí meu tudo - Fanfics.

Páginas

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Anjo Sedutor - Capitulo I

Capitulo I

Olhos atentos e assustados observavam a silhueta de alguém andando pelas sombras, enormes asas negras cobertas de escuridão surgiram, um jovem segurava uma espada em suas mãos cuja tecnologia era desconhecida, arqueando as asas lentamente para trás e para frente tentando intimidar quem quer que ousasse desafiá-lo em seus olhos a fúria estava visível, um pouco mais a frente de onde estava uma fera medonha com o corpo coberto de pelos e o olhar sanguinário ameaçava ataca ló, o cheiro que saia daquele ser era repugnante, próximo do animal estava uma garota desacordada seu nome era Jessica. O jovem se chamava Klebio Damas era conhecido entre os povoados daquele novo mundo, pouco se sabia a respeito dele a única coisa que tinham eram algumas especulações sobre ele ser um anjo enviado de Deus para livra o mundo daquelas feras isso devido as asas que o garoto possuía, mas eram só formas de entende lo ninguém tinha certeza de sua origem, nem mesmo Jessica que o acompanhara durante parte de sua vida.
-Eu vou arrancar sua cabeça!- Disse Klebio lançando um olhar desprezível contra o animal que rosnou como um cão.
O jovem correu para frente em direção a fera que mostrou os dentes enfurecido demonstrando que não iria recuar, Klebio levantou a espada em suas mãos em posição de ataque, a fera antecipou o movimento lançando o corpo contra o jovem que defendeu se colocando suas asas a sua frente, novamente o animal atacou mas Klebio foi mais rápido acertando a espada contra uma das patas dianteiras do oponente que soltou um grunhido de dor mas manteve se de pé, furioso atacou o jovem novamente o  mesmo foi arremessado para longe, com um rápido movimento colocou se de pé sentindo os membros doloridos dobrou os joelhos ficando agachado levantou as asas negras arquivando para trás em grande velocidade iniciando voo o chão do local onde estava rachou com a pressão de suas asas, o animal olhou para cima em busca de Klebio mas a noite sombria não o permitiu enxergar, o que facilitou o ataque recorrente do jovem que com seu punho fechado acertou com toda força que possuía o corpo de seu oponente o golpe teve tanta força que o chão foi destroçado criando uma cratera, Klebio lançou se para fora do pequeno abismo e segurou sua espada aguardando a chegada do inimigo que ainda não tinha sido derrotado, o animal pulou sobre ele cravando suas garras nos braços do jovem que gritou sentindo a dor de sua carne sendo perfurada,  mas isso não o fez parar, ele gritou ainda mais alto quando tentou levantar a espada mas com toda sua força conseguiu atravessando a lamina no inimigo sangue quente escorreu por seus braços cobrindo todo seu corpo e as entranhas do animal estavam visíveis, com mais um pouco de força empurrou o corpo que caiu ao seu lado, Jessica que já estava desperta ajudou o amigo a se levantar. Klebio afastou se da garota com um movimento brusco e a expressão carregada de dor.
-Queime essa criatura antes que ela volte .
-Mas enquanto a você? -Retrucou preocupada com o amigo.
-Faça o que estou te mandando. -Respondeu ele com rigidez.
Jessica não respondeu apenas apressou se em obedecer Klebio, que se retirou em direção ao acampamento onde estavam que ficava fora dos limites do povoado. Jessica jogou um liquido sobre o corpo do animal e logo após acender o fosforo observou as chamas se espelhando devido ao material inflamável, " mais um trabalho completo", pensou com amargura, aquela não era a vida que sonhara, mas era a única que conhecia.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Anjo Sedutor - Prologo

Prologo


No ano 3000 eu era apenas uma garotinha, mas ainda me lembro de como tudo começou o mundo entrou em crise e não eram somente as classes menos favorecidas mas o mundo inteiro dos mais pobres aos mais ricos, houve oposição contra as medidas tomadas pelo governo e não demorou muito para que a guerra começasse. lembro de ter vistos meus dois irmãos serem levados para lutar e aquela foi a ultima vez que vi seus rostos, não me esqueço das noites que dormi faminta pois nem mesmo alimento tínhamos, as rotas comerciais foram bloqueadas e cada nação cuidava de si, alguns países sem poder militar acabaram sucumbindo e ficaram pra história, enquanto isso as grandes nações batalhavam para ver quem ficaria no poder, bombas nucleares e vírus biológico eram as armas mais usadas, passei a adolescência presa dentro de casa pois as doenças eram facilmente transmitidas, mas isso não foi o que quase aniquilou a raça humana, enquanto os homens tentavam descobrir quem tinham mais poder o verdadeiro poder foi manisfesto, um espirito muito antigo chamado Macuna se ergueu vinda do núcleo interno da terra, naquele momento houve silêncio, as armas e as bombas pararam  e todos observaram o céu , era tão alta que metade do mundo podia enxergar, seu corpo  coberto de musgos e os cabelos enormes cascatas que caiam no mar de onde tinha saído, turante três dias ela ficou lá parada trazendo temor aos que repudiavam o desconhecido, até que emitiu um som, um chamado que até mesmo quem estivesse nos confins da terra poderia ouvir, a mãe natureza estava se opondo, em todo planeta houve profundas rachaduras de onde um exercito saiu para restaurar a ordem; Feras sanguinárias, mais mortes aconteceram e fomos obrigados a nos esconder em abrigos subterrâneos, o mundo do lado de fora se tornou desconhecido, quando finalmente vimos a luz do sol novamente o mundo estava afogado em trevas , sangue e morte eram o simbolo da nova era. As civilizações foram reconstruídas, as grandes províncias eram fortalezas impenetráveis mas só entrava lá dentro aqueles que se submetessem ao regime da Corporação Davros que foi a principal aliada contra os feras, nós que não aceitamos essas exigências formamos os povoados fora dos domínios  da corporação, foram anos difíceis, a terra não eram tão fértil e as criaturas mesmo escondidas nas sombras sempre surgiam tentando levar mais uma vida, em minhas preces a Deus sempre pedia proteção até que no fim de minha vida no auge da minha velhice pude enxerga lo, minhas preces foram ouvidas e um anjo foi enviado.